Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Notícias e artigos

Empresários reunidos com secretário de estado de Infraestrutura

Uma comitiva de empresários e representantes das entidades que coordenam a Campanha pela Revitalização da Serra Dona Francisca participaram na manhã desta quarta-feira, 02, de um encontro com o secretário de estado de Infraestrutura, Paulo França, e sua equipe. A vinda do secretário foi motivada pelos pleitos dos empresários quanto às melhorias na Serra Dona Francisca – SC 418. Antes de se reunirem em São Bento do Sul, no Serra Alta Hotel, a comitiva fez uma vistoria pela Rodovia, acompanhando os trechos mais críticos.

Já em São Bento do Sul, o presidente da Associação Empresarial (Acisbs), Jonathan Roger Linzmeyer, destacou que a campanha teve início a partir da união das Associações Empresariais do Planalto Norte – Acisbs, Acirne e Aciaca. “Porém, atualmente, a campanha tem recebido cada vez mais força e já conta com o apoio de diversas entidades representativas” disse. Linzmeyer acrescentou que, “o portal do Planalto Norte é a Serra Dona Francisca. Sabemos da importância nos aspectos do turismo e econômico, mas a questão da segurança dos usuários é fundamental. Precisamos salvar vidas”. Referindo-se que a média diária de acidentes é de dois a três na rodovia.

Para o presidente da Associação Empresarial de Joinville (Acij), Moacir Thomazi, a manutenção da rodovia não é algo tão complexo assim.  “Já aconteceram roçadas com apenados e acredito que essa possibilidade ainda exista. Quem usa com frequência a Rodovia presencia acidentes constantemente” destacou.

A presidente da Acirne, Eliete Adriani da Cruz, destacou que a campanha tem o objetivo de   principal de evoluir da fala para as ações. “Nós falamos, discutimos e não passamos para a ação propriamente dita. Esperamos sair daqui hoje conhecendo as ações que serão efetivamente realizadas. É uma rodovia importante para o escoamento da produção e é por isso que queremos discutir de uma forma respeitosa e diplomática. E acreditamos que assim atingiremos nossos objetivos” ressaltou.

Jonny Zulauf, presidente da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), disse que a entidade apoia o desejo de todas as associações empresariais e isso tem sido endossado pelo Voz Única da Federação, que traz as reivindicações mais importantes de todo o estado, nas áreas de educação, infraestrutura e empresarial. “Um deles destacadamente é o trecho da Serra Dona Francisca. Além de uma referência econômica, empresarial e turística, é ainda, de ordem cultural, pois é ali que passou toda a história da nossa imigração”.

Além de falar de obras no contexto estadual, o secretário de infraestrutura, Paulo França, anunciou três ações imediatas de reparos na rodovia já a partir da próxima semana: melhorias na sinalização, roçadas e operação tapa-buracos.  Da sinalização será feita a verificação de todo o contexto, com a vistoria da equipe técnica da secretaria. A operação tapa-buraco e a roçada do trajeto também foram anunciadas com início no mês de maio.  “As primeiras ações serão focadas na segurança dos usuários da rodovia. Faremos um projeto básico para ter noção de custos para uma revitalização total”, disse. O secretário informou que, em viagem a Brasília já marcada, vai incluir a questão da revitalização da Serra Dona Francisca, com a busca de recursos junto ao Ministério de Turismo, como aconteceu com a Serra do Rio do Rastro.

“Nós temos um contexto de 5 mil km de rodovias pavimentadas e 1,2 mil km de rodovias não pavimentas e todas as questões de manutenção e concessão de rodovias ficarão dentro das oito superintendências existentes no Estado” contou.  França ainda disse, que dentro desse contexto, é que estão iniciando as três ações prioritárias.  “Já fizemos a projeção financeira para essas ações e vamos evoluir, dando continuidade com aportes financeiros mensais para manter a frequência necessária de manutenção”. Conforme ele, as superintendências vão ter o controle de todas as rodovias. Em 90 dias, a secretaria de Infraestrutura acredita estar com os prazos estabelecidos e as ações organizadas. O secretário contou que a região norte tem uma discussão judicial quanto à questão da licitação das roçadas, que está sendo encaminhamento. “Acreditamos que teremos essa situação resolvida até a próxima semana”.

Mesmo recebendo as notícias das primeiras ações do Governo do Estado, os representantes das entidades garantem que a campanha pela Revitalização da Serra Dona Francisca vai continuar. “Entendemos e claro, agradecemos o anúncio das primeiras ações, mas a campanha não cessa aqui. Estamos em busca de um objetivo maior, portanto, nossa cobrança vai continuar” destacou o presidente da Acisbs, Jonathan.

Concessão –  durante a apresentação, o secretário apresentou os aspectos gerais considerados no Programa de Investimentos da BR 208, onde estão inseridas a extensão da SC 418 e a SC 108, sendo o total do sistema rodoviário de 375,89 km, com prazo de concessão para 30 anos. O valor estimado é de R$ 0,17 por km, atingindo o valor de R$ 5,00 a R$ 6,00 por praça de pedágio.

Sinal de celular – durante a reunião foi sugerido a inserção do item da telefonia celular na campanha. As entidades se comprometeram em iniciar uma discussão a respeito do tema.

Iluminação – o primeiro furto dos fios aconteceu há três anos, o segundo no ano passado e em abril levaram o que restou da fiação, segundo a equipe da secretaria. A Serra atualmente está sem nenhuma iluminação, que conforme a secretaria, para refazer terá um custo de R$ 400 mil.

 

Mais informações:

Fabiane Pickusch Costa
Assessora de Comunicação ACISBS
47 99255.4358

Confira os mais recentes