Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Notícias e artigos

Penitenciária Industrial é tema de encontro com o prefeito

Nesta segunda-feira, 26, o presidente da Associação Empresarial (Acisbs), Jonathan Roger Linzmeyer, esteve na prefeitura para uma reunião com o prefeito Magno Bollmann, para tratar do andamento do projeto da penitenciária. Participaram ainda do encontro, o executivo da Acisbs Marcelo Cavinati, o secretário de Desenvolvimento Econômico Adelino Denk, o secretário de Planejamento, Luiz Claudio Schuves, o representante da OAB no município, Maurício Willemann, e o delegado regional Rubens Passos de Freitas.

Em recente ofício encaminhado para a Acisbs, a Secretaria de Justiça e Cidadania (SJC) comunicou que o projeto inicial era de construir uma unidade dentro do sistema convencional de construção, porém por decisão interna, o projeto foi alterado para o método pré-moldado. A secretária da SJC, Ada Faraco de Luca, diz que a decisão teve por escopo as diversas unidades já construídas dentro do método. “Assim como a rapidez da construção e a necessidade de uma padronização das unidades carcerárias”, diz trecho do ofício. O documento traz também, que o projeto está sendo refeito, mas que o registro da obra já foi obtido junto à Fundação do Meio Ambiente (Fatma).  A autorização de corte da vegetação, a terraplanagem e a drenagem do terreno também estão concluídas para receber a obra.

Durante o encontro, a prefeitura se colocou à disposição para que os trâmites aconteçam com a maior agilidade possível. O delegado regional presente na reunião, expôs a situação da delegacia, pois segundo ele, a unidade de Mafra não está recebendo os presos de São Bento do Sul há 15 dias. Ele ainda contou que nesse período os presos ficam sem banho e sem a mínima condição de higiene básica por falta de vagas. “Essa obra é importante para o município. Mesmo a penitenciária do município sendo para presos condenados, vai desafogar a unidade de Mafra”. Rubens reforçou que “não há estatísticas de que a criminalidade aumente em um município com presídio”.

O município aguarda então, o protocolo do novo projeto por parte da SJC na prefeitura, para que seja dada a continuidade dos processos.

Confira os mais recentes